Buscar

FIB: O Novo Indicador de Sucesso Nas Empresas


FIB, Felicidade Interna Bruta é o novo indicador de sucesso nas empresas. A maioria das empresas mede o seu sucesso com base em valores financeiros mas esta realidade está a mudar e cada vez mais as empresas se regem por este valor. E porquê? Porque Felicidade e Lucro andam de mãos dadas.



Um colaborador feliz dá mais de si à empresa. É mais produtivo. Fica por mais tempo, evitando custos de recontratação, é mais eficaz na busca de soluções, arrisca-se a sugerir e a inovar, fica doente menos vezes e vai mais vezes ao trabalho. Fica mais horas porque tem gosto no que faz e não porque é obrigado. Dá-se melhor com os seus colegas, promove a entreajuda e não perde tempo em fofocas. Tem mais e melhor energia, que contagia.


A má energia espalha-se, mas a boa também. E melhor, aprende-se. Sim, a felicidade aprende-se, treina-se como um músculo e torna-se um modo de vida. É função do líder facultar esta aprendizagem a toda a sua equipa (falaremos disto no próximo post).


Na Team Ventures reforçamos clichés: sabemos que o sonho comanda a vida.


Se apenas todas as empresas prestassem atenção ao que é importante para um, e cada um dos seus colaboradores, a retenção de talento seria mais elevada. É importante perguntar-lhes e ouvir as respostas. Depois de ouvir as respostas, atuar sobre elas. Se calhar para alguém é suficiente que lhe ofereçam bilhetes mensais para o futebol, para outro se calhar é muito importante entrar mais cedo e sair ás 15h. Se alguém quer chegar a diretor de departamento, é importante que se delineie um plano de ação ou de desenvolvimento profissional em conjunto com essa pessoa para lá chegar, em vez de este ficar à espera a fazer figas para ser promovido, nunca sabendo quando; desmotivando-se. É preciso ser claro e transparente e que todos saibam para onde vão. É demasiado importante que os recursos humanos das empresas percebam a necessidade de interlaçar e conjugar os objetivos pessoais e profissionais de cada um porque eles vivem dentro da mesma pessoa que, no fim do dia, não os separa. E esta jiga-joga tem que ser personalizada porque o conceito de Felicidade do Fernando não é igual ao da Mariana. Se der mais valor aos colaboradores da sua empresa, a sua empresa terá mais valor para os seus colaboradores! Por equipas mais felizes, Madalena Carey Co-Fundadora Team Ventures

#felicidade #felicidadenotrabalho #felicidadesnasempresas #produtividade #performance #resultados #mindfulness #salarioemocional #teambuilding #recursoshumanos #motivação

42 visualizações