Buscar

O Fado nas Empresas

Atualizado: 18 de Out de 2018

'Ó gente da minha terra', revitalize-se o Fado das empresas porque o Fado que nós cantamos é a sina que seguimos.


Lá vamos nós com a melancolia na mão, sendo levados ao sabor do fado. Nos corredores do metro ouvem-se os desabafos e as queixas, refletem a mágoa, a dor, a nostalgia, a súplica, o fardo, a tristeza, a saudade, a agonia, a ausência - tão típicas do fado enraizado em nós.

Os jovens tentam agora revitalizar o fado, na procura de um equilíbrio entre a modernidade e a tradição. Estes são os mesmos jovens que levarão as empresas para a frente mas que em troca esperam que as suas chefias tentem encontrar o mesmo equilíbrio no local de trabalho - são estas trocas e cedências intergeracionais que a TYM promove.


Como dizia o outro: "passarinho que fica preso na gaiola por muito tempo, não desaprende a voar, muito menos esquece como é cantar diante da liberdade. Passarinho que fica preso fortalece-se, enquanto espera o momento certo de voar", e eles estão todos a ir à sua vida, a emigrar à procura de melhores condições e de uma maior felicidade organizacional - onde as sugestões serão ouvidas, os erros não serão punidos, a criatividade será recompensada e a sua existência valorizada.


Acredito que já todos concordamos que não existe um caminho para a felicidade, mas que felicidade é o caminho e a Felicidade Organizacional depende mais do que temos na cabeça, do que temos nos bolsos. Esta implica investimento, mas em tanto aumenta o retorno.

Voltemos ao tempo em que investíamos em nós, nos arriscávamos pelos mares, conquistávamos oceanos e descobríamos o que estava para além do que conseguíamos ver. Todos sabemos os resultados que tivemos.


Sejamos cá dentro o Português que somos lá fora. Voltemos a ser o Português que não se conforma com o que 'aparentemente funciona' e queiramos ser melhores no que fazemos.

E o que define ser uma melhor empresa hoje em dia está diretamente correlacionado com o sucesso e felicidade de cada um dos seus trabalhadores.


Os RH querem fazer mais, não lhes cortemos as vazas. O talento quer ser retido, deixemo-los voar mas não o deixemos ir.

Às más notícias o fado dá asas e elas voam velozes, reinventemos este fado em nós e cantemos mais as boas novas. 'Na plenitude da felicidade, cada dia é uma vida inteira'. Por Equipas mais Felizes! Madalena Carey Co-Founder

#felicidade #felicidadenotrabalho #felicidadesnasempresas #produtividade #performance #resultados #mindfulness #salarioemocional #teambuilding #recursoshumanos #motivação

29 visualizações